Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Ténis e Livro na Mão

Façam o favor de ser felizes!

De Ténis e Livro na Mão

Façam o favor de ser felizes!

Passar o testemunho

Fevereiro 24, 2017

Filippa

large.jpg

 (Imagem retirada daqui)

'(...) os livros têm a particularidade de fazer durar a eternidade.'

 

Ler está na moda, foi preciso chegar-se à conclusão que fotografar livros dava muitos likes no instagram para as pessoas voltarem a comprar livros (isto é tudo inveja, quem me dera a mim conseguir tirar as fotos lindas lindas lindas que vejo). Bom não acredito que a verdadeira causa seja esta mas é impossivel dizer que ler não está na moda. Não tenho dados que suportem isso mas não me admirava nada que surgissem noticias a dizer que as editoras tiveram lucros acima dos últimos anos ou que as livrarias aguentam-se melhor agora do que há uns três anos atrás. Livros ficam sempre bem em qualquer lado, seja numa estante (quem não delira com uma casa onde existam estantes repletas deles?), numa mesa de cabeceira ou simplesmente na nossa memória. Livros são intemporais, a arte é eterna mas os livros têm a particularidade de fazer durar a eternidade. 

Sou suspeita para falar, comecei a ler muito cedo, ainda andava na escola primária e desde então que não os tenho largado e portanto como devem imaginar sou daquelas maluquinhas que se pudesse andava no metro a impingir livros a toda a gente (se há pessoas a pedir dinheiro eu poderia fazer isto também certo?). O meu irmão é dez anos mais novo que eu e não sei porquê não aderiu a esta moda. Criar um instagram quer ele, comprar aquelas tshirts horrendas também não se importa mas a moda de ler? Ah isso passou-lhe ao lado (esperto!). Sempre me fez muita confusão como é que ele não pega em livros, causa-me dores reais vê-lo agarrado à playstation todo o dia e quando não é isso é no tablet, e se por acaso o tablet está sem bateria há sempre o telemóvel para safar a coisa. 

Há coisa de dois/três anos ele começou a interessar-se pelo 'O Diário de um Banana' e eu na minha ingenuidade pensei que esse livro seria para ele o que os livros de 'Uma Aventura' foram para mim. O primeiro livro que li foi 'Uma Aventura no Palácio da Pena' e foi toda essa coleção que deu o clique da leitura para mim, foram os meus primórdios no mundo das letras, não li a coleção toda mas pouco faltou. Desses passei para 'Os Cinco' e tanto andei que cheguei aos dias de hoje a ler a biografia do Hitler (nunca mais acabo isto, parece impossivel). Como devem imaginar quando ele me pediu para comprar aqueles livros eu fui logo tal flecha à Bertrand e ofereci-lhe no natal, desde então que tenho comprado sempre que sai e ofereço-lhe. Eu esperei sinceramente que ele entrasse neste mundo, que se fosse apaixonar ao ponto de não dormir para acabar um livro (nós esperamos sempre que os nossos irmãos sigam os nossos bons exemplos) e que passássemos horas a falar de determinado livro. 

Não. Nunca na vida. Onde estava com a cabeça? Bati com ela? Provavelmente, porque só isso justificaria as minhas esperanças. O meu irmão não pegou de estaca nesta relação com os livros, continua a preferir a playstation e se lhe dou o cartão da biblioteca para ir lá requisitar algum só vai depois de eu quase lhe ameaçar de porrada (na verdade não é bem assim mas para a dramatização deste texto é necessário que assim seja), ele não mostrou qualquer interesse em continuar a ler apesar de ficar bastante contente quando sai um livro novo do "Banana" e ler o livro em questão de dias. 

Eu acabei por me conformar, acabei por aceitar que mais vale ele ler com prazer aqueles livros, mesmo que seja um livro ao ano do que ser eu a pressioná-lo ao ponto de ele nem sequer ter vontade de pegar numa revista maria. Enfim, conformei-me mas desisti? Não. Talvez e só talvez aqueles livros não sejam o clique, não sejam o tal como os livros de "Uma Aventura" foram para mim e fiz a derradeira tentativa, a medida desesperada do século. O que é que uma potterhead faz quando na sua curta e aborrecida vida aparece um problema? Exato, recorre aos livros de Harry Potter.

Foi isso mesmo que fiz, ao mesmo tempo que tento que o meu irmão entre no mundo da leitura, dei-lhe uma enorme prova de confiança (era mesmo a qualquer um que eu emprestava livros de Harry Potter). É o chamado 2 em 1. Disse-lhe para ler o livro, sem pressão, se quisesse ler uma página que lesse uma página, o importante é que ele lesse ao ritmo dele e se por acaso não gostasse do livro então que parasse. 

Apesar de pessoalmente ser daquelas pessoas que lê os livros sempre até ao fim, independentemente de gostar ou não, não quero que outras pessoas o façam, principalmente o meu irmão que não é leitor assíduo. Porque é que insisto nisto? Porque penso que as crianças/adolescentes precisam mesmo de ler, e quem diz ler diz filmes diz séries, diz museus. As crianças/adolescentes precisam de arte. Precisam de ver que é possivel nós fazermos coisas bonitas, que perder uma hora a ler, duas a ver um filme ou três a visitar um museu novo são horas bem empregues, são horas que elas mais tarde não dirão "mais valia ter estado a jogar". Há tempo para tudo, até para sair deste mundo, mergulhar na imaginação de outra pessoa, voltar e dizer "porra aqui está alguém que mereceu o meu tempo" (talvez sem o porra mas enfim fica ao gosto de cada um).

É o chamado passar o testemunho, eu até posso dar uns ténis ao meu irmão, uns que ele queira bastante, até posso virar a louca e comprar o fifa xpto que saiu (e só Deus sabe os livros que se podia comprar com esse dinheiro) mas nesse caso eu não estou a passar-lhe nada meu, e para ficar com algo meu ao menos que fique com algo bom. Se gostava que fosse a leitura? Adorava, acho que o tornaria numa pessoa mais culta mas acima de tudo uma pessoa melhor. Se não for? Bom não pensei nisso, é que ele é meu irmão logo teremos a vida toda para eu tentar convencê-lo das vantagens da leitura e talvez Harry Potter não seja o clique também. A sorte? A sorte é que há milhões e milhões de livros, algum será mas claro... Sem pressão 

Atualização: Acho que ele não passa da página 25 há duas semanas  

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D